Governo disponibiliza crédito de R$ 10 milhões para projetos de piscicultura no Tocantins

Gurupi e região serão os primeiros contemplados.

O Governo do Tocantins informou que está disponibilizando R$ 10 milhões para serem investidos em projetos de piscicultura nas pequenas propriedades rurais do Estado.

Gurupi e região serão os primeiros contemplados com parte desse recurso, por meio da realização do mutirão do AgroCrédito, uma iniciativa do Instituto de Desenvolvimento Rural do Tocantins (Ruraltins) voltada para o produtor rural, por meio de visitas técnicas, orientações e elaboração de projeto para facilitar o acesso ao crédito rural, e ainda acompanhamento técnico da atividade. 

O mutirão será realizado com os produtores rurais do Projeto de Assentamento (PA) Vale Verde, na terça-feira (10), e da zona rural Jandira, na quarta-feira (11), ambos a partir das 8 horas.

A expectativa, segundo o secretário de Agricultura, Pecuária e Aquicultura (Seagro) e presidente do Ruraltins, Thiago Dourado, é contemplar mais de 50 famílias interessadas em desenvolver a atividade da piscicultura.  

Este recurso, além de impulsionar a produção de peixes no estado, terá como finalidade gerar renda e melhoria da qualidade de vida do produtor rural, especialmente do agricultor familiar”, frisou.

Segundo a presidente da Agência Estadual de Fomento, Denise Rocha Domingues, a parceria com o Ruraltins é um grande benefício para os produtores da piscicultura do Estado. “Em nome dessa parceria, os produtores ganharão uma linha exclusiva para custear e investir neste ramo. Analisamos as melhores oportunidades e critérios para disponibilizar esse recurso que será o ponto chave de impulsionamento do negócio dessas famílias”, destacou a presidente.

Crédito

Para a parceria com o Ruraltins, a Agência de Fomento criou o “Programa Tilápia”, que traz ao produtor a oportunidade de financiamento de R$ 1 mil até R$ 200 mil para custeio e investimento no projeto técnico.

O programa, com duração de um ano, terá um orçamento de R$ 10 milhões, com expectativa de atender cerca de 50 famílias de produtores de piscicultura e aquicultura do Estado do Tocantins, acompanhadas pelo Ruraltins.

O recurso estará disponível para pessoa física e jurídica com prazo de pagamento de até 5 anos, com 12 meses de carência e pagamentos anuais. As taxas de juros a serem definidas prometem estar entre as menores do mercado.

Levantamento de custos

Para uma estimativa do recurso a ser disponibilizado por cada produtor, até R$ 200 mil, o Ruraltins elaborou um levantamento com os custos para o cultivo de 24.000 kg de tilápia por ciclo de seis meses, desde a implantação do projeto, alimentação dos peixes à mão de obra. Os custos foram estimados nos três sistemas de cultivo: viveiro escavado, viveiro elevado e tanque-rede.

“A nova alternativa de crédito ofertada pelo Governo Estadual vem em momento importante para a cadeia da piscicultura, pois há todo um ambiente favorável, desde incentivos fiscais, simplificação do licenciamento ambiental até a qualificação da assistência técnica do Ruraltins, e dessa forma, consolidar o processo produtivo dessa atividade”, frisou o diretor de Assistência Técnica e Extensão Rural do Ruraltins, Marco Aurélio Gonçalves Vaz.